terça-feira, janeiro 23, 2007

Pudim de leite moça

Aqui em casa doce tipo, pudim, sorvete, bala, chiclete, chocolate, mousse, suflê e por ai vai... Só entra sábado, domingo e feriado é isso que colocamos pro Rapha ele fica doido da vida (risos) durante a semana só gelatinas, frutas, salada de frutas, picolé feitos a partir sucos naturais que eu mesmo faço e por ai vai. Mas nas férias essa regra muda um pouco e eu passo a fazer mais doces que o normal, e esse pudim leva o querubim ao delírio total. Ah questão do açúcar em exagero aqui em casa é levada tão a sério que o Rapha nunca mamou uma mamadeira adoçada só com leite puro, hoje as vezes adoço com mel uma coisa ou outra. Creio que todos tenham essa receita, mas como aqui é um diário de momentos gostosos que proporciono a minha família resolvi deixá-la aqui.

Calda
  • 1 xícara (chá) de açúcar
  • 1/2 xícara (chá) de água fervente
Pudim
  • 1 lata de leite condensado (eu usei o leite moça)
  • 2 vezes a medida (da lata) de leite
  • 3 ovos
Modo de preparo: Calda- Em uma panela de fundo largo, coloque o açúcar. Leve ao fogo baixo deixando derreter suavemente. Quando estiver bem dourado, junte meia xícara (chá) de água fervente e mexa com uma colher de pau. Deixe ferver até dissolver os torrões de açúcar. Forre com esta calda uma fôrma com furo central (19 cm de diâmetro) e reserve. Pudim- No copo do liquidificador, misture o leite condensado, o leite e os ovos até que fique homogêneo. Não há necessidade de bater muito. Despeje na fôrma caramelada, cubra a fôrma com papel alumínio e asse em banho-maria em forno médio (180 graus) por cerca de 1 hora e 30 min. Depois de frio leve pra gelar. Desenforme gelado.

12 comentários:

Anónimo disse...

Eli,

Vc fez muito bem de postar esta receitinha - amiga, que foto é essa??? :D

Olha que coincidência, liguei pro meu pai ontem - que é doidinho por pudim de leite Moça - e prometi fazer um para ele no feriado desta semana.

Se ele visse essa foto... :D

Eliana Scaramal disse...

Patrícia Scarpin esse é motivo de boas risadas aqui em casa, o Rapha come o pudim salivando e falando: mamães isso é maravilhoso, mamãe isso é bom demais, ai ai ai....... é muito engraçado. Mas sabe que acho esse doce muito bom.

Regina disse...

Esse doce é um clássico né Eliana! Mas acredita q nunca fiz? Prefiro comer o dos outros hehehehe... tem um pedaço aí? hahahaha

Yara disse...

Aqui como nóis é preguiçoso, levamos a própria forma de pudim ao fogo com o açúcar, para fazer a calda de caramelo, aí fica uma panela a menos pra lavar :o)

Cinara disse...

Eliana, eu faço como a Yara, e derreto o açúcar direto na fôrma do pudim. E você já experimentou acrescentar algumas gotinhas de extrato de baunilha? Fica algo especial! E para mim, este pudim só fica bom se tiver furinhos como o seu... ;o) Beijos

Akemi disse...

Este pudim não tem quem não goste ne, amiga? Tá lindo com essa calda toda e estes furinhos! Hummm!

disse...

Adoro pudim, e os faço muito bem. Ano passado fiz um monte para o marido levar para o trabalho, o pessoal adorou.
Minha receita é igual a essa sua.

Eliana Scaramal disse...

Regina é só chegar. risos

Yara já ri aqui sozinha. Gostei da dica de derreter na própria forma.

Cinara eu também ja fiz com a baunilha mas o que realmente sempre faço é esse ai. Mas tenho que dizer que gosto dos dois. hehe

Akemi também penso como você.

Jê eu vi, menina aquele pudim ficou de matar, e adorei saber que pode ser feito nas formas descartaveis as vezes precisamos transportar e daquele jeito fica perfeito.

valentina disse...

Querida Eli, esta 'e uma receita que para mim e tao Brasil.me tras muitas recordacoes, boas coisas.Que interessante o carinho e cuidado com acucar na alimentacao do Rafa.Estas certissima amiga.

Eliana Scaramal disse...

Valentina pra mim também traz tantas boas lembranças. Sabe que eu sempre tive uma preocupação do Rapha conhecer o real sabor dos alimentos, quando ele começou a comer papinha eu fazia cada refeição um alimento não misturava, tipo batata com cenoura, entende?! Só depois de algum tempo comecei a misturar, e depois muito tempo acrescentei sal, era só salsinha, cebolinha, cebola, alho esses eram os temperos que utilizava.

Anónimo disse...

Eliana, leio seus tópicos e estou tão de acordo com tudo! Somos iguais aqui em casa, e temos um anjinho que Deus nos emprestou que se chama Brenda e tem 9 anos. A cuidamos como vc cuida ao Rapha e é tão gratificante, certo? Temos os mesmos cuidados com os doces, com frituras, nada de refrigerantes em dias de semana, etc. Como a gente ama a esses pedacinhos de gente, né! E por falar em amar EU AMO PUDIM DE LEITE MOÇA. Sabe como a gente come aqui em casa? Com uma colherada de doce de leite por cima. UHmmmm super engordiet! hahahah beijos e todas as receitas estão deliciosas. As lentilhas, ai ai! Aqui no inverno comemos lentilhas uma vez por semana e faço muito parecida à sua receita. Já em julho vou postar as fotos com receitas. Beijão e que tenhas uma divina semana com sua família linda!

Eliana Scaramal disse...

itza realmente o amor que a gente sente por esses pequeninos é algo incomum. Adorei essa coisa de comer o pudim com doce de leite, o Rapha vai ficar enloquecido pois ele ama doce de leite. risos