segunda-feira, janeiro 29, 2007

Arroz Maria Isabel


Mais uma receita tipica do meu estado (Goiás). Foi através dos gaúchos que o arroz-de-carreteiro foi introduzido em Goiás. E rebatizado e aclimatado para Arroz Maria Izabel. Eu servi com um queijinho assado e cebolas carameladas no mel.
  • 2 xícaras (chá) de arroz limpo
  • 300 g de coxão mole em tiras bem fininhas
  • 2 dentes de alho picadinhos
  • 1 cebola picadinha
  • 1 pimenta dedo de moça grande picadinha
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 cubo de caldo de carne
  • Água quente o suficiente
Aqueça numa panela o óleo e frite a carne até dourar bem e formar um dourado no fundo da panela, acrescente a cebola e o alho e deixe dourar bem, junte a pimenta e arroz o caldo de carne e deixe o arroz refogar bem, acrescente a água e deixe cozinhar. Até que esteja macio.
Para a cebola: Fatie uma cebola grande não muito fina, junte numa frigideira uma colher (sopa) de óleo e deixe a cebola começar a dourar, junte então uma colher (sopa) de mel e deixe até que fiquem bem carameladas.

26 comentários:

Anónimo disse...

Ai Eli! Estou viciada no seu blog! Amo entrar e ver fotos e receitas novas! Que gostoso esse arroz! Uma perguntinha: esse queijo vc fez naquelas máquinas de fazer crepe em palito ou como? Beijocas e bom começo de semana pra vc e seus seres queridos.

Eliana Scaramal disse...

Itza obrigada pelo carinho! Esse queijo eu fiz no grill elétrico. Eu já compro ele assim no palitinho, ai é só colocar no grill. Bjim e ótima semana pra vc e toda familia ai também.

Anónimo disse...

Eliana, é a segunda vez que vejo estas cebolas caramelizadas em seus pratos... elas estão me dando "lombriga" hehe
Preciso fazer urgente!!
P.S. A torta de presunto e queijo não durou 24 em casa!! hehe
Bjos

Dadivosa disse...

Eliana, não conhecia esse arroz, parece mesmo uma delícia! Qualquer dia desses vou experimentar. E esse seu queijinho coalho está uma tentação!!!
Outro dia comprei um em Embu das Artes que por enquanto permanece imbatível. Você já esteve por lá?

;***

disse...

Conheço esse arroz, maravilhoso hein ? e o espeto, é queijo de coalho ?

Eliana Scaramal disse...

Silvia Arruda essas cebolas são uma delícia! Que bom que você gostou da torta, ela também pode ser congelada, qualquer dúvida me manda um email que te falo como fazer.

Dadivosa eu gosto muito da culinária do meu estado. Eu ainda não fui a Embu das Artes mas morro de vontade. risos

Jê esse queijinho é muito comum no seu estado né?! Sempre bom tê-la por aqui.

Anónimo disse...

Cebolas carameladas no mel??? Que coisa mais deliciosa, Eliana! Agora quero saber como você assou o queijo no espeto. Conte-me tudo! ;o) Beijos!

Anónimo disse...

Oi amiga!!Claro que pode fazer,e depois me diga se aprovou,tá?Bjs!

Eliana Scaramal disse...

Cinara não tem segredo não, eu assei no grill elétrico, mas se você tiver uma chapa dá o mesmo resultado, e fica uma maravilha.

Carmine querida vou fazer, e te conto sim, muito obrigada.

Regina disse...

Que dilícia Eliana! E esse queijinho...hummm, eu tbém uso o grill George Foreman para tudo! bjs

Anónimo disse...

Eliana, minha mãe fazia muito Maria Isabel quando eu era pequena, só que era com pedaços de frango e não carne! Engraçado, né? Eu lembro que eu não gostava pois não comia frango cozido nem por decreto!! (rs)

Anónimo disse...

Ai Eliana-do-céu. O que significa esse arroz com esse queijo...ai ai ai... eu quero!!!! rs

Estou voltando devagar aos comentários e postagens no meu blog, já estava com saudades de todas vocês.

Beijocas

Maria Helena

(PS - copiei e colei essa mensagenzinha padrão acima, porque é verdade e vou passar em todos os blogs hj...rs)

Anónimo disse...

Eliana, o seu arroz deve ser excelente! AS cebolas dispenso, porque levam mel,coisa que destestp! Já agora, digo-lhe que este fim-de-semana fiz o seu prato de carne picada enrolada em couve (penso que lhe chamou charutinhos) e gostamos muito. A minha filha quer que eu faça outra vez para levar para a escola.
Beijo

Anónimo disse...

Ai que tenho tudo na geladeira para fazer amanhã, e eu estava mesmo querendo algo para fazer com as cebolas que estão lá quase perdendo... e com mel... gostei da dica! Bjs!

Anónimo disse...

Um acompanhamento delicioso mesmo! :-)

Anónimo disse...

Eliana, que delícia é esta??? Não tenho o queijo para assar mas este arroz vou ter que fazer aqui! As cebolas devem dar um ótimo contraste de sabor e textura, aiii minhas lombriguinhas! rsss

Eliana Scaramal disse...

Regina eu gosto do meu grill mas tenho uma certa preguiça as vezes de retirá-lo do armario. :)

Luna com frango eu não conhecia. Você não come carne?!?!

Maria Helena estava com saudades.

Goretti fico feliz que tenha gostado da receita. Paladar é mesmo assim, aceita umas coisas não aceita outras. :)

Cris depois me conte o que achou?!

Elvira esse queijinho assado assim é dos Deuses!

Akemi depois me conte se gostou do arroz?! Vou te contar um segredo o marido pediu como acompanhamento um ovo frito. hahahaha

Anónimo disse...

Eliana, como carne sim, é que por essas bandas Maria Isabel é com frango mesmo! Quando era pequena não gostava de nenhum tipo de carne cozida, só assada. :)

Eliana Scaramal disse...

Luna entendo! :)

Anónimo disse...

Voltei para contar!!! Ficou divino, as crianças (meus 3) amaram e o marido comeu o restinho a noite. Só uma coisa... não tirei foto! Vou ter que fazer de novo... e já incluí no cardápio! Obrigada! bjs!

Eliana Scaramal disse...

Cris fico muito feliz que vocês tenham gostado e se foi aprovado pelos pequenos é sinal que é bom, pois com criança não tem meio termo. hehehehe

maria-joão disse...

Olá. Visitar blogs de culinário é agora o meu novo vicio. Gostei muito deste arrozinho e é diferente de todos os que costumo fazer. Mas tenho uma duvida de português em terras brazileiras. Que tipo de carne é o "coxão"? E de que animal?

Eliana Scaramal disse...

maria-joão obrigada pela visita, o coxão mole é uma carne de boi, pode ser filé ou contra-filé. Qualquer dúvida me procure.

Andrea Dohashi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Valéria Diniz disse...

Lica, sou casada com um goiano (gente muito boa!)a 9 anos, moramos em Manaus e todo ano vamos visitar os parentes em Gyn,minha cunhada sempre faz Maria Isabel, mas ela coloca feijão...(arroz, carne e feijão...tudo sequinho!) Acho dilícia!!! Um grande abraço

Eli disse...

Valéria - que legal, eu vou estar por lá em Julho se estiver por lá me fale aí a gente pode se conhecer! :)