terça-feira, julho 15, 2008

Um modelo pra mim!


Image and video hosting by TinyPic



Ele não é super heroí, não descobriu o Brasil, não resolveu o problema da fome por aqui, nem dá falta de água no Nordeste, mas me levantou quando era criança e volta e meia tomava alguns tombos, fez todos meus sanduchinhos de mortadela e com todo carinho arrumava minha lancheira e me levava para escola, sem falar quando morei com ele na fazenda que ele com todo carinho enterrava as melâncias para que eu pudesse comê-las bem geladinhas e assim combater o calor do cerrado, também me ensinou a nadar, a pescar, a cuidar das galinhas no terreiro, me ensinou a respeitar o próximo, com seu jeito forte e doce ao mesmo tempo, me ensinou a amar e perdoar sempre! Hoje depois de uma longa temporada pude novamente mergulhar no azul da cor do mar de seus olhos e reviver toda a minha vida como se fosse assim um feliz flachback. Eu não posso não dizer que fui feliz em volta dos braços dele, não posso não admitir que ele é tudo pra mim, ele é simplismente meu AVÔ!

Logo as receitas voltam por aqui, amanhã vou ver se consigo postar a sensação do momento em termos gastronômicos no estado de goiás.

15 comentários:

Silvia Arruda disse...

Eli, que sorte a sua em ter seu vovô ainda vivo. Não tenho mais nenhum avó, todos já se foram, mas sei bem o que significa este carinho especial! :)

receitinhas da belinhagulosinha disse...

querida amiga,também já não tenho avós,mas o carinho e o amor com que nos tratam ficará para sempre nos nossos corações,jinhos grandes amiga

Akemi disse...

Ahhh Eliana, que lindo post! Suas lembranças me emocionaram, amiga! Que Deus dê muita saúde a esta pessoa linda e iluminada que é o seu avô! Beijos

Carol disse...

QUE VOVÔ MAIS FOFO!!!

Aline Neme disse...

Lica, que coisa mais linda!!!
Seu vô é mega fofo!!!

Bjundas

Agdah disse...

Menina, avô basta ser avô e esse seu é muito especial e amoroso. O resto é resto.

Mamão com açucar disse...

Eli, fica com este post a convicção de que realmente importa na vida não é o que temos, mas sim quem temos,que preciosidade este seu avô heinnn!!!
bjks,
Fernanda
http://mamaocomacucar.sampasite.com

Taty - CHOCOTATY disse...

Que lindo Lica, vc me emocionou!!!
beijos
Taty

Luciana C. disse...

Nossa Lica,vc me enxeu os olhos d'agua...Fiquei realmente emocionada e com vontade de ter o meu avô aqui comigo!!!Vc é uma mulher de sorte!

Leila disse...

que lindo post LICA!!!
eu tenho minha vó ainda viva e morro de saudades dela.
beijinhos

Nogueirajcs disse...

Adorei o post...

Ass. José Carlos

Iliane disse...

que maravilha de post êsse seu..emociona todo mundo..lindo seu vô..junto com o Rapha..mais lindo ainda..bjus

disse...

Que carinho e homenagem linda a seu pai.
Parabens!

Sonia T e Murillo disse...

Lica
Que coisa mais linda de post
Seu dom não está só nas panelas está tb em orquestrar as palavras e emocionar a gente
Me emocionei demais ao ler e quisera todos tivessem lembranças tão boas e cheias de amor para carregar pela vida afora. Com certeza teríamos um mundo melhor.
Bj grande no seu coração

Ana disse...

Lica:
Tão bacana o que escreveu. Também convivi muito com meu avô materno e aprendi também muita coisa.
Ah, não pude deixar de notar que o Rafa é palmeirense....Garoto espertíssimo.